Tempo de Leitura: 5 minutos

Franquear é preciso!

Quando o negócio é de bom gosto, inovador, ou simplesmente diferenciado, é comum alguns clientes questionarem, “é franquia?”, ou então, “porque ainda não é uma franquia?”

Mas aí surgem aquelas dúvidas: meu negócio é franqueável? É o momento de franquear? Será que devo franquear?

Se você tem um negócio de sucesso, com uma marca já reconhecida na sua região e deseja ampliar sua atuação no mercado, mas não pretende abrir unidades próprias, sim, chegou a hora de franquear seu negócio.

Se, ainda assim, as dúvidas persistirem, relacionamos abaixo, 10 motivos para franquear seu negócio.

1- Desejo de crescer

Se você já domina os processos de sua operação atual e tem interesse de expandir seu negócio.

Se deseja cuidar da gestão e não das rotinas de um pequeno negócio, a franquia é uma ótima opção para você.

Com a adoção do sistema de franquias, a franqueadora terá receitas adicionais significativas geradas por taxas de franquia e royalties, em troca de serviços como: treinamento, suporte e uso da marca.

2- Necessidade de escalar

Ter um negócio escalável significa gerar mais empregos, renda e impacto, onde quer que esteja.

Significa também produzir ou comprar em grandes quantidades, repetidamente, aquilo que te dá ganho de escala e produtividade sem demandar recursos (dinheiro e/ou mão de obra) na mesma proporção.

Se seu negócio necessita de escala para baratear o seu custo e você não sabe como fazer isso, o sistema de franquias é uma excelente opção.

Com uma rede de Franquias você terá um volume de compras e alta demanda de serviços.

Isto lhe trará vantagens comerciais e de negociação, com melhores preços, condições de pagamento e produtos de melhor qualidade que reverterão em vantagens para os seus clientes.

negócio-virar-franquia-min

3- Planos de crescer com capital de terceiros

Se você possui um negócio de sucesso e deseja crescer, mas não tem capital para abrir unidades próprias, a franquia é uma opção de crescimento com o capital de terceiros.

Você desenvolve um negócio e atrai interessados em investir nele. O desafio é criar um negócio que tenha uma boa atratividade frente aos concorrentes e ao mercado em geral.

4- Necessidade de atrair gestores comprometidos com o sucesso do negócio

Se seu negócio está crescendo e necessita de gestores comprometidos e você está com dificuldade de encontrá-los, o sistema de franchising pode ser uma ótima opção.

De uma forma geral um franqueado é alguém que possui um elevado grau de comprometimento com os resultados de sua operação, pois investiu no negócio e tem total interesse em seu sucesso.

Ter um gestor comprometido imprime eficiência ao negócio, com isso o franqueador terá a oportunidade de focar a dimensão estratégica e deixar a gestão e operação da unidade a cargo do franqueado.

5- Desejo de fortalecer a marca

Para criar uma marca forte é necessário estudar o mercado e a empresa de forma abrangente a fim de verificar se ela está de acordo com o posicionamento proposto, para assim, traçar um plano estratégico de marketing.

Essa atividade é comum durante o processo de formatação de uma franquia.

A outra questão é o investimento na marca proporcionado pela rede de franquias.

Ter um fundo de marketing à disposição para desenvolver campanhas e ações de publicidade e propaganda é completamente diferente de realizar esse investimento sozinho.

O fundo de marketing permite: contratar agências de publicidade, contratar assessoria de imprensa, produzir materiais gráficos mais baratos e comprar mídias mais interessantes para o negócio.

Além disto a rede, atuando em nível nacional, irá conquistar novos públicos que não atingiria, ficando isolado numa única região.

Cada unidade aberta aumenta a exposição da marca e propicia maior credibilidade.

6- Necessidade de controlar o canal de vendas

Os canais de venda são a forma de seu produto ou serviço chegar aos seus consumidores.

Os pontos de venda são os mais tradicionais canais de venda. São as lojas físicas (escolas, restaurantes, sapatarias, cafés entre outros) que recebem e proporcionam uma experiência ao cliente.

O sistema de franquia permite que o franqueador tenha mais controle sobre os canais de venda, mantendo um padrão de operação.

10-etapas-transformar-seu-negocio-em-franquia-min

7- Criação de barreiras para a concorrência

Se deseja criar barreiras que dificultam a ação da concorrência, a estruturação e consolidação de uma rede de franquias facilita a conquista de mercados e pode impor barreiras a novos entrantes.

8- Redução dos riscos trabalhistas

Uma franqueadora geralmente possui políticas de gestão de pessoas que não passadas para a sua rede e geridas pelo franqueado, que podem reduzir ocorrência trabalhistas.

Existem benefícios para empresas enquadradas como microempresas e empresas de pequeno porte, tais como: dispensas de algumas formalidades na área trabalhistas e fiscalização de forma orientadora.

O sistema de Franquias possibilita um crescimento do negócio sem incorrer num aumento de passivo trabalhista para uma só empresa.

O risco é pulverizado entre todas as unidades, pela independência jurídica entre elas.

9- Benefícios fiscais

 Uma unidade franqueada pode ter os benefícios ficais do enquadramento no Simples Nacional, já que é uma empresa autônoma no âmbito fiscal.

O comércio varejista, por exemplo, pode se enquadrar no Simples Nacional com uma alíquota de imposto que começa nos 4%.

Essa é a grande diferença, pois geralmente a carga tributária das demais empresas é de 10 a 16%.

Esse é um motivo muito importante para transformar seu negócio em franquia.

10- Desejo de atuar em rede

O franqueador pode se beneficiar do conhecimento gerado pela rede, a troca de experiências pode resultar em soluções melhores para todos.

O Big Mac é um exemplo de um produto desenvolvido por um franqueado.

Então, se você deseja desfrutar dos benefícios de ter uma rede de franquias, inicie já o seu processo de formatação!

negócio-virar-franquia-min