Abra Uma Conta Empresarial

Está pronto para receber ou gastar dinheiro como empresa? Crie uma conta bancária para manter a conformidade, a proteção legal e também para fornecer benefícios para os clientes e funcionários.

Abra Uma Conta Empresarial

Está pronto para receber ou gastar dinheiro como empresa? Crie uma conta bancária para manter a conformidade, a proteção legal e também para fornecer benefícios para os clientes e funcionários.

Voltar

Por que ter uma conta jurídica?

É necessário ter uma conta comercial pois é através dela que você dará início a vida financeira da sua empresa, além de que é a melhor forma de separar o dinheiro da sua empresa do seu capital pessoal.

A conta jurídica funciona como a sua conta física por ter movimentações relacionadas as todas as entradas e saídas de dinheiro.

Alguns dos benefícios de se ter uma conta jurídica é o fato de que caso você precise de um empréstimo para o seu negócio ele é muito mais barato, as taxas de cartões de crédito e débito também são mais em conta e os programas de fidelidade junto ao banco escolhido é muito mais rentável, assim como os investimentos realizados por lá.

Finalizando, ter uma conta jurídica corresponde a um ganho de organização enorme, tendo em vista que é possível organizar pagamentos e recebimentos, automatizar controles, realizar conciliação bancária e ainda permitir comparar entradas e saídas com o extrato bancário.

Precisa de ajuda? Obtenha aconselhamento empresarial grátis.

Como abrir uma conta jurídica

Como você viu acima, é muito vantajoso abrir uma conta empresarial, e para começar a receber ou gastar em nome da empresa basta seguir os passos abaixo.

1. Escolha o banco

Não são todos os bancos que aceitam contas jurídicas, e ainda muitos também não enquadram MEI como PJ, então fique atento em qual regime de tributação sua empresa está registrada.

Bancos mais tradicionais como, Itaú, Bradesco, Santander, Caixa Econômica Federal aceitam o cadastro de novas contas empresariais, assim como o banco digital Original também aceita.

Vale a pena realizar a pesquisa de todas essas que foram mencionadas acima e até mesmo aquela instituição que você já é cliente e tem um relacionamento a longo prazo para obter mais informações sobre vantagens e desvantagens de cada uma.

2. Documentos necessários

Para abrir uma conta como pessoa jurídica você precisará de um pouco mais de documentos, e isso também depende de como está registrada sua empresa.

Alguns documentos são:

- Comprovante de Inscrição e de Situação Cadastral no CNPJ (emitido em até 90 dias na página da Receita Federal: www.receita.fazenda.gov.br
- Documento de constituição da empresa registrado pelo órgão competente (exemplo: Contrato Social, Convenção Coletiva, CCMEI).
- Comprovante de endereço da empresa atualizado (emitido em até 180 dias).
- Documento que autorize representantes legais da empresa a abrir conta.
- Procuração registrada em cartório, se houver procurador.

Do representante legal, será necessário:
- Documento de identificação com foto
- Comprovante de inscrição do CPF
- Comprovante de endereço atualizado.

As instituições levam em média 5 dias úteis para abrir a conta empresarial.

3. Atente-se as tarifas e serviços

É fundamental realizar comparações entre todas as oportunidades de tarifas e serviços oferecidos pelos bancos nesse momento.

Para se ter uma ideia de valores médios cobrados pelos bancos você pode acessar o portal do Banco Central, porém indicamos que entre banco a banco, pois sempre é possível encontrar condições especiais por determinado período ou outro quesito pelo departamento de vendas dos bancos.

Esse é um passo que existe bastante atenção e cautela do empreendedor, afinal de nada adianta um banco com inúmeros serviços com um custo mais elevado, se você não vai usufruir de nada deles nesse momento, e por outro lado de nada adianta a solução mais compacta que não consiga atender a sua empresa 100%.

Portanto uma dica importante aqui é avaliar quantas transferências, saques, depósitos, extratos, pagamentos, emissão de boletos, holerites, cheques, débitos, entre outros serviços a sua empresa precisa e escolher o banco que oferece isso com mais praticidade, agilidade e menor valor.

4. Cresça

Seguindo os três passos anteriores, você certamente tomará a melhor decisão na hora de abrir a sua conta empresarial.

Não se esqueça que é importantíssimo criar uma excelente relação com seu gerente de conta do banco escolhido, pois cada passo crescente que o seu negócio tomar, ele será o responsável por conseguir as melhores condições para novos pacotes e tarifas, personalizando a sua necessidade com os interesses da instituição.

Preste atenção nos detalhes, anote tudo no papel, tome a melhor decisão e siga em frente!

Precisa de ajuda? Obtenha aconselhamento empresarial grátis.