Contrate e gerencie funcionários

Estabeleça uma estrutura básica de folha de pagamento para ajudá-lo a contratar e gerenciar os seus funcionários adequadamente.

Contrate e gerencie funcionários

Estabeleça uma estrutura básica de folha de pagamento para ajudá-lo a contratar e gerenciar os seus funcionários adequadamente.

Voltar

Contratar e pagar funcionários

Antes de encontrar a pessoa certa para o trabalho, você precisará criar um plano para pagar os funcionários. Siga estas etapas para configurar a folha de pagamento:

1. Obter um número de identificação do empregador (PIS)
2. Decida se você quer um contratado independente ou um funcionário
3. Programe períodos de pagamento para coordenar a retenção de imposto para o INSS
4. Crie um plano de compensação para férias
5. Escolha um serviço interno ou externo para administrar a folha de pagamento
6. Decida quem gerenciará seu sistema de folha de pagamento
7. Saiba quais registros devem permanecer no arquivo e por quanto tempo
8. Relatar impostos sobre a folha de pagamento conforme necessário, trimestral e anualmente
O INSS mantém o guia de impostos do empregador, que fornece orientações sobre todos os requisitos de declaração de impostos federais que podem se aplicar às obrigações de sua empresa.

Funcionários ou Profissionais Liberais

A distinção entre funcionários e profissionais liberais pode afetar seus resultados, pois isso afeta a maneira como você retém impostos e evita conseqüências legais onerosas. Aprenda as diferenças antes de contratar seu primeiro funcionário.

Um profissional liberal opera com um nome comercial separado da sua empresa e faturas pelo trabalho concluído. Às vezes, empreiteiros independentes podem se qualificar como funcionários em um sentido legal.

Se for descoberto que o seu contratado atende à definição legal de funcionário, talvez seja necessário pagar impostos e multas, fornecer benefícios e reembolsar os salários estipulados pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

Precisa de ajuda? Obtenha aconselhamento empresarial grátis.

Planejar oferecer benefícios aos funcionários

Os cuidados com a saúde e outros benefícios desempenham um papel significativo na contratação e retenção de funcionários. Alguns benefícios dos funcionários são exigidos por lei, mas outros são opcionais.

Benefícios obrigatórios para funcionários

- Fundo de Garantia por Tempo de Serviço-FGTS: correspondente à 8% do total da remuneração percebida pelo trabalhador, e que é depositada em uma conta vinculada, ou seja em uma conta bancária à qual o trabalhador não tem acesso, só podendo receber o saldo desta conta em caso de demissão arbitrária, ou em outras situações especiais previstas em lei;

- Vale Transporte: é um benefício que impede que qualquer trabalhador gaste mais do que 6% do seu salário com despesas de transporte de sua casa até o trabalho e do trabalho até sua casa. O valor da despesa que superar os 6% deve ser custeado pela empresa;

- Férias (acrescidas de 1/3): a cada 12 meses o trabalhador tem direito a 30 dias de descanso. Durante este período sua remuneração será acrescida de 1/3 em relação à remuneração normal;

- Décimo Terceiro salário: anualmente o trabalhador recebe um salário adicional, denominado gratificação natalina ou 13o. salário.

Assim, assistência médica, programa de alimentação ao trabalhador, bolsa de estudos e auxílio creche, entre outros, são benefícios opcionais, cabendo a empresa decidir se oferecerá, ou não, aos seus funcionários.

Programas de incentivo a funcionários

Os programas de incentivo aos funcionários podem aumentar a moral e criar mais desejo para posições em aberto: incentivos comuns, como horário flexível, programas de bem-estar, associações corporativas e eventos da empresa.

Considere utilizar um software de administração de benefícios, se o seu orçamento permitir. Isso pode tornar sua contabilidade mais fácil e mais eficiente. O detalhamento desses benefícios no manual do funcionário ajuda sua equipe a tomar decisões, e eles podem usá-lo como referência para os requisitos do local de trabalho.

Siga as leis trabalhistas federais e estaduais

Proteja os direitos dos trabalhadores e seus negócios aderindo às leis trabalhistas, o que significa que você deve garantir que as práticas comerciais estejam alinhadas com os regulamentos do setor.

Isso inclui o aprendizado de leis aplicáveis para a contratação de veteranos, trabalhadores estrangeiros, empregados domésticos, jovens aprendizes e pessoas com deficiência, entre outros grupos. Assim como, o que você também deve cumprir quando demitir um funcionário, demitir trabalhadores ou reduzir o tamanho da empresa.

Precisa de ajuda? Obtenha aconselhamento empresarial grátis.