Tempo de Leitura: 2 minutos

“Metade do dinheiro que gasto em marketing é desperdiçado, o problema é que não sei qual metade” – John Wannamaker

No início do século 20, o comerciante americano John Wannamaker disse a famosa frase acima, que ainda hoje é ouvida no mundo dos negócios.

Naquela época, os profissionais de marketing não dispunham de uma fração da enorme quantidade de ferramentas de planejamento, execução, dados e mensuração que nós dispomos hoje em dia.

Por isso, seria uma frase imperdoável, na boca de qualquer profissional de marketing atualizado.

Recentemente, postei um gráfico mostrando que há mais de 7.000 provedores de ‘Martech’ (Marketing Technology) atualmente.

São ferramentas fantásticas para obtenção do melhor ROI em marketing, sem dúvida!

Mas permanece uma questão: em meio a essa inundação de tecnologias e big data, onde fica a estratégia e o planejamento de marketing?

Eu advogo que o Plano de Marketing, seja de uma micro ou mega empresa, é o pilar fundamental sobre o qual se apoiam as excelentes ferramentas que temos hoje a nosso dispor.

Um bom Plano de Marketing eficiente é imprescindível para garantir o alinhamento interno e externo, guiar com claridade as equipes, priorizar recursos e investimentos, e alinhar as expectativas e metas (KPIs).

avaliacao-estrategica-felippa-consulting

E um bom Plano de Marketing não precisa ser ‘engessado’.

Ele pode ser ‘agile’, ‘lean’ e flexível, para adaptar-se ao contexto mutante (‘VUCA’) em que nos encontramos.

Concorda?

Se você quiser saber mais sobre como realizar um Plano de Marketing efetivo, ou sobre as novas ferramentas do marketing moderno, entre em contato conosco.

Analisaremos juntos as oportunidades de acelerar seus resultados!

diagnostico-marketing-felippa-consulting-min-1