[Total: 2    Média: 5/5]
Tempo de Leitura: 5 minutos
banner-evolutto-day-2019-min

É importante um Planejamento Estratégico em uma pequena empresa?

As pequenas empresas não dão a devida importância ao planejamento e não tem a ideia da sua importância, pois trata-se de uma ação diária a ser colocada em prática para o crescimento da empresa, por menor que seja.

Não dar esta devida importância ao Planejamento Estratégico pode levar a um custo alto para a empresa não em questões monetárias, mas em questões de crescimento.

Na maior parte das vezes a empresa sabe desta importância, mas acabam deixando como um plano secundário.

Pouquíssimas são as empresas que tem a cultura de levar a sério o Planejamento Estratégico das empresas.

Nos dias de hoje a dinâmica do mercado leva os empresários a ter a ideia de que é besteira planejar, pois o mercado está mudando constantemente e a velocidade é insana.

E a desculpa está na ponta da língua. “De que adianta planejar se amanhã tudo será diferente?”.

Mas é aí que o empresário se engana!

Pois é neste momento de incertezas e oscilações do mercado que o Planejamento Estratégico entra, e aparece para mostrar se a empresa está no caminho correto ou se alterações de rota devem ser feitas.

A revisão constante do Planejamento é a chave do sucesso de uma empresa.

Constantemente o mercado apresenta mudanças com concorrentes novos surgindo, clientes sempre mais exigentes e é neste momento que o planejamento torna-se ainda mais importante para a empresa, pois é hora de definir quais novos caminhos a empresa tomará.

O Planejamento para as pequenas empresas deve ser tão prioritário como para qualquer outra empresa visto que como se trata de empresas com pouco recurso às vezes iniciando sua caminhada empreendedora a margem de erro é mínima e o planejamento leva a empresa a ser assertiva com o intuito de crescer.

O problema geralmente é por que as pequenas empresas entendem que o principal é a operação a venda e entendem que não tem tempo para o Planejamento.

Mas o pequeno empresário não conseguiu entender que ele na verdade não tem tempo por que não planeja.

Planejamento Estratégico é uma questão cultural.

Os empresários de uma forma geral não conseguem compreender a verdadeira importância do Planejamento.

Não que a operação ou a venda não sejam importantes.

São tão importantes quanto, mas a operação ou a venda ou qualquer outra ação dentro da empresa baseada em um Planejamento Estratégico tem outro resultado.

Planejamento Estratégico e a Competitividade

Pensando no crescimento o pequeno empresário tem neste momento uma grande vantagem perante a concorrência que é entender a necessidade de um Planejamento Estratégico para tornar sua empresa melhor gerenciada com a chance de melhorar consideravelmente seus resultados perante o mercado.

E para entender melhor como uma consultoria empresarial pode ajudar uma pequena empresa a se destacar no mercado, inclusive implantando uma cultura de planejamento entre em contato, vamos implantar este Planejamento Estratégico na sua empresa.

O objetivo do empresário e crescer e fazer sua empresa ser grande, próspera e competitiva.

Ocorre que muitas não chegam no resultado desejado, não pela falta de recurso ou pelas falta de vendas ou porque seu produto não é adequado ao mercado.

Por muitas vezes o que falta é um Planejamento Estratégico para a empresa e para seu produto crescer saudável e vertiginoso.

As empresas quando nascem tem o objetivo de crescer ser grande e competitiva, mas a competitividade e as mudanças do mercado exigem uma estratégia para que a sua empresa são seja engolida pelo mercado ou acabe falindo.

Atualmente o mercado não demonstra o melhor momento para o crescimento das empresas, mas a busca deve ser sim sempre de crescimento, pois as empresas que procuram se manter estão fadadas ao risco do negócio.

Buscar continuamente formas de crescer, mesmo que o resultado leve algum tempo para aparecer.

A empresa concentra os seus recursos no “mais”: mais negócios, mais oportunidades, mais clientes, mais análises, mais buscas, mais tentativas.

Quando as pessoas dentro de uma empresa entram na zona de conforto e deixam de buscar esse “mais”, perde-se o potencial que há em cada um de criatividade e construção de novas soluções.

E o que uma empresa precisa para crescer é justamente dessa criatividade e capacidade de inovação.

Então surge a pergunta:

Sua empresa está buscando crescer ou apenas se manter?

A partir do momento que a empresa propõe a ideia de crescimento independente do cenário negativo que o mercado demonstra perguntamos qual é a estratégia da empresa para crescer.

Inúmeras são as empresas que não possuem estratégias para o seu crescimento, pois muitos empresários confundem a vontade de crescer estrategicamente com possíveis soluções apenas colocadas em prática conforme o momento da empresa.

O crescimento consistente e segura precisa de uma estratégia empresarial bem elaborada.

Uma estratégia que tenha analisado os dados de mercado, as tendências, levantado as possibilidades e considerado os riscos e oportunidades de cada uma delas, e diversas outras ações, todas de acordo com os objetivos que a empresa quer alcançar no curto, médio e longo prazos.

Esta sólida estratégia de crescimento é necessária devido o mercado ser extremamente competitivo e as mudanças constantes nos hábitos dos consumidores.

O empresário não pode ser levado conforme o vento, pois pode ser que a qualquer momento ele acabe seguindo para um caminho indesejável.

Por outro lado algumas empresas possuem um Planejamento Estratégico elaborado a algum tempo e que está simplesmente necessitando de uma revisão periódica.

As pessoas, as empresas, o mercado e as situações mudam e aquilo que foi definido pode não surtir mais o efeito desejado.

As Estratégias devem ser revisadas constantemente, pois conforme falamos anteriormente as mudanças de cenário no mercado e na concorrência acontece devido a situações não previstas.

A necessidade de alterações pode se fazer valer.

Isso pode até não mudar o objetivo final, mas pode exigir revisar o caminho a ser percorrido.

Vale a pena pedir ajuda?

O Planejamento Estratégico é uma ferramenta que só traz benefícios para as empresas.

E é por isso que deve haver muito cuidado na elaboração deste projeto.

A responsabilidade das estratégias sempre é responsabilidade das empresas, mas ela pode contar com a ajuda de profissionais experientes nestas atividades.

E uma opção é a contratação de uma Consultoria Empresarial.

Nós da OIKOS Consultoria Empresarial – CWB atuamos com micro, pequenas e médias empresas ajudando-as a desenvolver suas estratégias de crescimento, através da área de Estratégia Empresarial.

Aproveite para conhecer!