[Total: 1    Média: 5/5]
Tempo de Leitura: 5 minutos
banner-evolutto-day-2019-min

A cultura que promova a Segurança e Saúde do Trabalho como um valor em uma organização é consequência de um processo de mudança organizacional.

Isso pode demorar de 5 a 10 anos, dependendo do seu tamanho e seu perfil de negócio.

Com os conceitos da ISO 45001, este processo de mudança ocorre de maneira sistemática com resultados de desempenho em Segurança e Saúde Ocupacional sólidos!

A Cultura de Segurança deve ser implementada em bases sólidas e consistentes com a ISO 45001:2018.

Este alinhamento deve ser refletido no Planejamento Estratégico da empresa, pois, pode, em muitas vezes e situações, pode interferir neste planejamento.

Vamos agora apresentar 5 passos fundamentais para a implantação da Cultura de Segurança em uma organização:

Dica 1 – Processos de gestão consolidam a Cultura de Segurança

A implantação de Sistemas de Gestão da Segurança e Saúde do Trabalho nas empresas facilitam a implantação e garante a consolidação da Cultura de Segurança, pelo uso sistemático de ferramentas de gestão que permitem aperfeiçoar a gestão de SSO.

Com a referência da ISO 45001:2018, as empresas têm a oportunidade de adotar práticas de gestão desde o planejamento de SSO, análise de riscos ocupacionais, investigação de incidentes e análise crítica da Liderança, que podem ou não ser certificadas externamente por organismos independentes.

Consulte a ELEMENTHUS CONSULTORIA para implementar um Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional em sua empresa conforme a ISO 45001:2018.

Dica 2 – Exemplo da Liderança

A ISO 45001 determina o papel fundamental da LIDERANÇA como grande promotora deste processo de mudança da implantação de uma nova cultura de segurança, a qual é reflexo direto do posicionamento da sua Liderança no dia a dia da organização.

Ou seja, depende diretamente do comportamento e da atitude dos Líderes da organização perante ao tema Segurança e Saúde no Trabalho.

É importante destacar que, neste caso, o termo Liderança engloba todas as pessoas que possuem equipes sobre sua gestão, desde o Presidente, CEO, Diretores, etc. até os Supervisores, Encarregados.

Quando o assunto abordado é SEGURANÇA, a questão do exemplo da LIDERANÇA é FUNDAMENTAL.

Pois os colaboradores vão dar importância a este tema conforme seus líderes e chefes diretos tratam este assunto:

Caso um Diretor não respeite uma regra de Segurança, como o respeito a uma velocidade ou um simples uso de EPI, todos os funcionários entendem que as regras não precisam ser necessariamente cumpridas.

A ISO 45001 preconiza o envolvimento total da Liderança no dia a dia da empresa.

É importante que a LIDERANÇA realize auditorias com foco em comportamentos e atitudes, por meio de diálogos motivadores com suas equipes, com registro adequado dos principais desvios encontrados.

Lembrando uma experiência profissional…

“Eu estava no meu primeiro dia em uma organização familiar de médio porte como Gerente de Segurança e Meio Ambiente.

Quando já estava ocorrendo uma grande parada anual de manutenção em uma das fábricas do Complexo.

De repente, no chão da fábrica, observo uma pessoa caminhando na parte superior, no 4º pavimento da unidade industrial, sem nenhum tipo de proteção individual como EPIs.

Com mais atenção, identifico como sendo um dos proprietários da organização, que havia me entrevistado, exigindo uma postura de “alta qualidade” em Segurança para evitar os acidentes em sua fábrica.

Após me dirigir a ele para conversar sobre a questão de exemplo, entendi que o foco da minha gestão deveria englobar principalmente o meu chefe e não apenas os funcionários da fábrica.”

Dica 3 – Cultura de Segurança é DISCIPLINA!

Um passo importante para você consolidar a Cultura de Segurança na sua organização é o estabelecimento de disciplina aos padrões estabelecidos pela organização conforme estabelecido pela ISO 45001.

Todos os colaboradores, sem exceção, devem adotar os mesmos Padrões de Segurança na realização das suas atividades.

Ter DISCIPLINA aos Padrões de Segurança significa apenas que todos os padrões devem ser atendidos no dia a dia das atividades da organização.

O significado da palavra Disciplina não deve ser confundido com punição, autoritarismo, perda de direitos, etc.

A disciplina aos Padrões de Segurança estabelecido pela ISO 45001 garante harmonia na realização das atividades de maneira sistemática, evitando incidentes e perdas nos processos, preservando a saúde dos colaboradores!

Dica 4 – Identificação e Análise do Custo das Perdas de Segurança do Trabalho

Outro fator importante para ser avaliado no processo de mudança de cultura em Segurança do Trabalho é a análise de custo das perdas em Segurança do Trabalho.

Este tema é objetivo: “Qual é a parte mais sensível do corpo humano? O Bolso”

Em uma experiência profissional, nossa equipe de Gestão de Segurança e Meio Ambiente foi muito contestada por parte da Diretoria da nossa empresa, onde os “Diretores Mais Resistentes”, que ainda tinham dúvidas sobre o processo de mudança em Cultura que implementávamos naquele momento na nossa organização, na sobre a real necessidade em identificar e registrar pequenos desvios.

– Porque investigar os eventos onde não temos danos físicos, apenas danos materiais simples?
– É uma perda de tempo e foco!
– Este era o discurso do grupo resistente a mudança de cultura: Fizemos um levantamento abrangente dos últimos cincos anos, analisamos em torno de 500 eventos sem lesão e apresentamos uma perda de recursos financeiros superior em torno de 30% aos dez principais eventos graves e com lesões ocorridos no mesmo período de análise.
– É um absurdo! Estes dados estão inconsistentes! – foi a primeira reação dos Diretores. Nosso Presidente solicitou, então, que nosso critério fosse analisado detalhado por dois gestores – uma da área produtiva e um da área de controladoria da empresa – Todos concordaram nesta análise crítica do nosso critério – Realmente estávamos errados!!! Os eventos sem lesão haviam custado mais de 40% aos dez eventos com lesão!

As análises dos custos dos eventos demonstram a importância em estudar os pequenos eventos e facilita muito o envolvimento da Liderança da empresa no processo de mudança de cultura da organização envolvido na implantação da ISO 45001.

Dica 5 – Atendimento aos requisitos legais de Segurança e Saúde Ocupacional

A ISO 45001 estabelece que sua empresa deve identificar e atender as legislações de Segurança e Saúde do Trabalho, o que reduz o risco de uma penalização indesejável e a oportunidade de novas práticas de gestão que melhorem os processos internos.

Além disso, a ISO 45001 estabelece a boa prática de avaliação de atendimento a requisito legal.

Ou seja, sua organização deverá verificar se realmente está atendendo ou não os requisitos legais em Segurança e Saúde do Trabalho.

Este fato, além de evitar uma multa na esfera da legislação trabalhista, é um grande fator de mudança de cultura, pois demonstra a importância deste tema para a Liderança da sua organização.