Tempo de Leitura: 4 minutos

Conheça exemplos práticos que funcionaram comigo e com minha empresa e me fizeram repensar meu modelo de negócio.

 

O título deste artigo: “Mude ou Morra: chegou a era da informação”. É bem sugestivo e representa exatamente o que estamos vivenciando na atualidade. A forma de consumir produtos e serviços tem evoluído de uma forma impressionante e disruptiva.

Com isso, tem se tornando crucial para os empreendedores conhecer o novo comportamento do consumidor.

As transformações ocasionadas por esta era são as mais diversas. Este post faz parte de uma coletânea de cinco artigos que serão publicados, onde abordarei as principais transformações no comportamento do consumidor causadas pela era da informação. Inclusive, vale a leitura do artigo sobre o consumidor 3.0.

Adicionalmente incluirei, quando pertinente, exemplos de situações vivenciadas na minha empresa de consultoria.

Apesar de jovem, pude rapidamente perceber que o antigo modelo de consultoria onde o consultor representado pela figura arcaica de um senhor com uma pasta na mão visitando uma empresa por dia com sua agenda lotada já não daria mais conta de atender as necessidades do novo perfil de consumidor.

A Implantta Consultoria já nasceu neste novo mercado, mutável, acelerado, competitivo e inovador.

Vamos ver cinco principais comportamentos do consumidor que sinalizam de forma latente a necessidade de readequação das empresas a esta nova economia.

Nesse primeiro momento apenas pontuarei o que está por vir nos próximos dias, então mantenha-se atento para acompanhar esta jornada. Vejamos:

#1º O Consumidor ficou extremamente exigente

Na nova era da economia o consumidor está cada vez mais aparelhado com as mais variadas formas de medição e comparação no que diz respeito a preço e qualidade dos produtos e serviços.

A internet conecta as pessoas a ponto do indivíduo saber todas as características, funcionalidades, pontos fortes e fracos, preço e impressões de outros usuários que já utilizaram o mesmo produto ou serviço com apenas alguns cliques.

#2º O consumidor não suporta esperar

O cliente quer ser atendido de forma rápida, prática e sem burocracia.

Tarefas rotineiras como: chamar um táxi, abrir uma conta em banco, realizar um pagamento, fazer uma reserva em hotel, buscar conhecimento, entretenimento ou até mesmo realizar compras de produtos ou serviços vem ganhando ferramentas que permitem que estas tarefas sejam feitas utilizando a tecnologia e de forma cada vez mais acelerada.

#3º O Controle está nas mãos do cliente

O cliente passou a ter total controle sobre a forma como deseja consumir produtos ou serviços, esta característica faz com que os empreendedores sejam instigados continuamente a produzirem bens cada vez mais alinhados com estas tendências.

Na atualidade os consumidores querem aderir ou cancelar a aquisição de produtos ou serviços de maneira totalmente livre de amarras e com total poder de escolha e controle sob o processo.

Toda essa necessidade de controle e acompanhamento simultâneo faz com que o offline e tradicional dê lugar as ferramentas e metodologias que funcionam de forma online, conectada e simultaneamente sincronizadas.

BÔNUS EXCLUSIVO PARA VOCÊ

DOWNLOAD GRATUITO PLANILHA PDCA

#4º O cliente quer resultados

Mais do que nunca o cliente está focado nos resultados e benefícios que os produtos ou serviços serão capazes de produzir.

Estes mesmos clientes sentem a necessidade de saber disso previamente com estimativas claras do quanto suas vidas serão impactadas e transformadas com a aquisição destes bens.

#5º O cliente deixou de ser fiel

Já se foi o tempo em que o cliente comprava sempre no mesmo estabelecimento e adquiria serviços do mesmo prestador.

Na nova economia o cliente tem total poder de escolha e comparação. A internet faz com que o mesmo seja bombardeado diariamente com uma enxurrada de opções de produtos e serviços dos mais variados fornecedores e preços para que ele possa escolher por qual irá optar.

Esse fenômeno gera uma concorrência natural entre os empresários movendo-os a se reinventar e adaptar seus produtos e serviços para que ganhem destaque neste cenário tão mutável e competitivo.

Daí o tema desta coletânea de artigos: Mude ou morra. Após todos estes exemplos você já deve ter percebido o quanto esta transformação na economia e no perfil de consumo dos clientes vem impulsionando as empresas a se reinventarem.

Dessa forma, te convido a ficar conectado e acompanhar os demais artigos desta série.

Não esqueça de compartilhar com seus colegas e com as pessoas que você verdadeiramente se importa, para que estas não sejam pegas de surpresa pela eminente avalanche de mutações.

Também não esqueça de deixar o seu comentário abaixo com a sua opinião sobre o assunto e sugestões de novos temas. Te vejo nos próximos capítulos. 😊