Tempo de Leitura: 6 minutos

O planejamento estratégico pode ser feito de forma estruturada, com pouco investimento, envolvendo as pessoas certas.

O planejamento estratégico é uma das principais ferramentas na gestão de organizações ou empresas de qualquer porte.

Pois permite uma visão dos objetivos, metas, recursos e cronograma de curto, médio e longo prazo.

Esse modelo de gerenciamento promove mais segurança e agilidade na tomada de decisões, orientando as pessoas envolvidas na direção mais adequada para a continuidade e sucesso da organização.

O que muitas pessoas ainda acreditam é que o planejamento estratégico de uma empresa precisa ser um documento de alta complexidade e difícil entendimento, onde apenas uma parte da organização – normalmente concentrada nos níveis mais altos – possuem acesso e entendimento completo desse plano.

E essa visão e postura em relação ao planejamento estratégico é um dos erros mais comuns.

Esse comportamento também leva ao insucesso dos resultados e das decisões tomadas.

Não só é possível como também é necessário que o planejamento estratégico seja claro, objetivo e de fácil entendimento de todas as partes envolvidas nas atividades da organização.

ebook-certificar-empresas-iso-9001-min

Vantagens do Planejamento Estratégico

O planejamento estratégico bem feito, estruturado e aplicado tende a apresentar grandes vantagens e aumento dos resultados positivos e maior assertividade nas decisões tomadas pela organização.

1. Esclarece os objetivos

Um dos principais benefícios do planejamento estratégico é apresentar, de forma clara, comunicando a todas as pessoas envolvidas e participantes na organização, os objetivos e metas previstas para o futuro, considerando o curto, médio e longo prazos.

2. Detalha o plano de ação

Para alcançar os resultados desejados, todas as pessoas envolvidas precisam ter clareza de suas ações e de como cada uma contribui para o sucesso da organização.

O planejamento estratégico mostra as etapas e os resultados parciais para se atingir o objetivo final desejado.

3. Auxilia a padronização

O planejamento estratégico ajuda a organização a conquistar alguns padrões e certificados importantes para a atuação e para a sua imagem no mercado, tais como ISO 9001 e ISO 14001, conforme será detalhado mais adiante.

4. Aumenta a percepção de responsabilidade social e ambiental

Um dos principais pontos de discussão atualmente é o impacto que as organizações geram na sociedade e no meio ambiente.

O planejamento estratégico promove, também, o aumento da visibilidade e das ações focadas em questões sociais e na sustentabilidade do ambiente em que a organização influencia.

5. Otimiza o uso dos recursos

Ao ter clareza sobre os objetivos, metas e responsabilidades fica mais fácil tomar decisões em relação aos recursos humanos, materiais e tecnológicos necessários para a realização das atividades e projetos da organização.

Otimizar os recursos da empresa envolve melhoria de processos, gestão de custos eficiente, aumento de qualidade e da produtividade.

ebook-certificar-empresas-iso-9001-min

Principais resultados do planejamento estratégico

Além dos benefícios diretos de melhoria de resultados advindos da aplicação de um bom plano estratégico, como o aumento da produtividade a redução de custos, há uma série de resultados indiretos, como a liberação do empreendedor das operações para pensar na melhoria do negócio.

Tendo em vista que planejamento estratégico é pré-requisito para as certificações e reconhecimento buscado pelas organizações, ele também desempenha o papel de melhorar a imagem das empresas, aumentando a sua visibilidade e protagonismo entre os clientes e público-alvo.

Na ISO 9001 e ISO 14001, assim como em todas as normas de gestão, é absolutamente necessário no capítulo 4 o planejamento estratégico, quando é abordado o contexto da organização.

A ISO 9001 é uma das principais certificações reconhecidas mundialmente, devido a sua abrangência e relevância.

O selo evidencia que a organização consegue gerenciar soluções que atendam à demanda do mercado, com qualidade, e segurança, gerando confiança no cliente e abrangência do mercado.

E a ISO 14001 é focada na identificação, controle e monitoramento do impacto de suas atividades no meio ambiente.

O selo evidencia, então, a sustentabilidade ambiental da organização, trazendo mais segurança e confiança de seus clientes e consumidores.

O planejamento estratégico é uma ferramenta fundamental de gestão que mostra aos clientes, acionistas, funcionários e demais partes interessadas, o comprometimento da organização com suas atividades e com a sociedade em que está inserida, como ética, responsabilidade social, responsabilidade ambiental, entre outros valores sociais.

ebook-certificar-empresas-iso-9001-min

Como fazer um planejamento estratégico diferente e eficaz?

O planejamento estratégico é o processo de elaborar um plano.

Chamamos de gestão estratégica o processo de conduzir as atividades e gerenciar os seus resultados de um plano.

O processo de planejar é uma atividade coletiva.

Pois quanto mais diversidade de ideias de futuro, mais insumos se tem para elaborar estratégias diferenciadas para sair do lugar comum.

O futuro é um lugar que existe somente na imaginação das pessoas, portanto, conversar com o futuro é muito mais interessante quando há diversidade de pensamento.

Nessa conversa com o futuro, normalmente utilizamos metodologias facilitadoras para a expressão livre das pessoas, mas conectadas com os interesses da organização, tais como:

a) Análise da competitividade da organização;
b) Identificação das partes interessadas e suas necessidades;
c) Análise do ambiente de negócios, entre outras;

A partir da atividade de pensar e registrar os resultados das discussões, inicia-se a composição do plano estratégico, organizando tecnicamente as informações em relação aos desejos da organização.

Veja alguns desses componentes do plano estratégico a seguir.

1. Missão

A missão da empresa pode ser traduzida como o propósito pelo qual ela foi idealizada.

Ou seja, qual o principal problema que a organização se propõe a resolver.

Por exemplo:

“Cuidar de vidas” ou “Apresentar as melhores opções de investimentos para cada pessoa”, ou ainda “Construir imóveis com alto padrão de qualidade a um custo acessível”.

Precisa expressar clara e sucintamente o propósito da organização.

2. Visão

A visão da empresa deve expressar o que ela pretende atingir ou ser no futuro.

Muitas vezes, é descrita como o sonho da empresa.

Normalmente, é o objetivo de longo prazo da organização.

Por exemplo: “Eliminar a contaminação hospitalar até 2024” ou “Ser referência em gestão de investimentos pessoais até 2025” ou ainda “Se tornar líder do mercado imobiliário em 10 anos”.

3. Valores

Os valores da organização são aqueles aspectos que a empresa não coloca à venda no seu produto ou serviço, mas as pessoas os percebem.

Pode ser interpretado também como os princípios que orientam o comportamento e postura necessários e praticados para alcançar a missão e visão com excelência.

Por exemplo: “Sentir-se confortavelmente como estar em casa” ou “Promover o enriquecimento lícito dos clientes” ou ainda “Garantir a segurança e sustentabilidade dos imóveis comercializados desde a sua construção até a sua entrega”.

4. Objetivos

Da mesma forma que a missão e a visão, os objetivos estratégicos devem ser atemporais e válidos durante o prazo estabelecido para a visão.

Os objetivos táticos e operacionais, e projetos derivados deles é que podem ter prazos menores.

Exemplo: “Ter clientes satisfeitos” ou “Estar entre as 10 melhores empresas de gestão de investimentos” ou ainda “Construir imóveis que garantam o retorno do capital em 18 meses”.

5. Indicadores e Metas

Os indicadores definem a forma de mensurar os resultados e seus períodos de avaliação.

As metas são as medidas que permitem avaliar se estamos no caminho para atingir os objetivos pretendidos.

Exemplo:
Objetivo: Ter clientes satisfeitos;
Indicador: avaliação da satisfação do cliente, especificando a forma, instrumento e período de avaliação;
Meta: Ano 1= 90%; Ano 2 = 92%; Ano 3 = 94%

A partir do esclarecimento e entendimento desses pontos, a organização começa a integrar e engajar seus colaboradores, acionistas e clientes em busca dos melhores resultados possíveis.

A estratégia passa a ser acompanhada e avaliada sistematicamente, permitindo resultados cada vez melhores.

Por outro lado, o planejamento estratégico adotado de forma isolada, sem acompanhamento adequado e sem ação tende a cair no esquecimento dos colaboradores e demais partes interessadas e, posteriormente, ser engavetado ou fadado ao fracasso.

Por isso, a ferramenta deve ir além do papel, transformando-se em ação e, consequentemente, em resultados.

ebook-certificar-empresas-iso-9001-min