[Total: 20    Média: 4.7/5]

O objetivo deste artigo é convidar você proprietário(a) ou diretor(a) de indústrias de pequeno e médio porte a fazer uma reflexão em relação ao tema mais discutidos nos últimos anos… a indústria 4.0.

Tenho certeza que você possui total conhecimento sobre o assunto, por isso não vou ficar aqui tecendo as definições, até porque este assunto está estampando nas mídias e desta forma quero ir direto ao ponto e lhe perguntar…

Você está preparado para a indústria 4.0?

Quando faço esta pergunta às empresas que atuo ou que tenho contato é comum ouvir a seguinte resposta…

“Ainda não, devido a ausência de recursos para automação”.

Veja que quando se fala em indústria 4.0 o principal pensamento é “automação”, que de fato em grande parte é isso mesmo, porém a indústria 4.0 não diz respeito a automação somente de máquinas, será necessário também a melhoria dos processos e aí sim as indústrias pequenas e médias podem atuar.

Estou falando de atuar por meio de procedimentos, metodologias de gestão, ou seja, definir sistemáticas padronizadas de atuação em desperdícios, uso de metodologias MASP para redução de refugo e aumento de produtividade com baixo investimento, mas qual a fórmula para isso?

Até porque mesmo antes de pensar ou aplicar requisitos da indústria 4.0 é preciso fazer uma autoanálise e verificar se há pelo menos um sistema de gestão básico e bem estruturado.

Como professor universitário costumo dar exemplos para os meus alunos de que nem todo tipo de produto será viável a adoção da automação em seu processo de fabricação.

Como por exemplo uma indústria cujo o produto é muito barato e simples de se fabricar, mas todo e qualquer produto por mais simples que seja tem que ter qualidade.

Reforçando, o grande segredo então é investir em sistema de gestão e para isso uma prática adotada por mais de um milhão de empresas e organizações em mais de 170 países é a solução… certificação ISO 9001:2015.

Fonte de pesquisa: https://www.iso.org/iso-9001-quality-management.html.

Entretanto há um pensamento limitante de que ter uma certificação é um custo alto e não serve para nada, sendo que na verdade traz resultado sim.

Veja o seguinte post: https://mktplace.evolutto.com.br/quer-melhorar-os-resultados-da-sua-empresa/

Mas continuando, os requisitos da ISO 9001:2015 garantirá para sua empresa mais do que um certificado para mostrar ao cliente, servirá para estabelecer um sistema de gestão, onde será a única forma de sobreviver sem os altos investimentos em automação.

Mas algumas empresas implementam a ISO 9001 apenas para o auditor ver ou para “inglês ver”, isso ocasiona a ausência dos resultados desejados.

Como citado num parágrafo anterior, as pequenas e médias empresas costumam achar que o “custo” para se ter ISO 9001 é alto, e não conseguem enxergar que isso na verdade é um INVESTIMENTO.

Portanto convido você proprietário(a) ou diretor(a) de indústrias de pequeno e médio porte a conhecer verdadeiramente o valor deste investimento.

Nós da Consultoria Veiga possuímos uma plataforma tecnológica e super didática que auxiliará em todo processo de implantação até a certificação.

Clique no cadastro e conheça esta novidade, venha mudar sua empresa e coloque-a rumo a indústria 4.0. https://mktplace.evolutto.com.br/consultorias/veiga/