[Total: 4    Média: 5/5]
Tempo de Leitura: 5 minutos

“Será que minha empresa é lucrativa?”

Geralmente quando uma empresa está endividada essa é uma das primeiras perguntas que surgem na cabeça dos empresários.

Minha empresa está dando lucro?

A forma de saber e de ter essas informações é bem simples:

Você precisa ter uma Gestão Financeira completa na sua empresa.

Através de ferramentas específicas voltadas para a Gestão Financeira você terá prontamente as informações necessárias não apenas para saber se sua empresa é lucrativa ou aquele simples Fluxo de Caixa com entradas e saídas do seu dia a dia.

Mas também várias outras informações financeiras importantíssimas para a saúde da empresa.

“Inicialmente o correto é você empresário através de nossa Análise Empresarial, um diagnóstico completo disponível para você gratuitamente, preencher e encaminhar para a Partner Consultoria Empresarial analisar e lhe encaminhar o resultado da real e atual situação de sua empresa, afim de lhe mostrar o caminho da transformação em sua empresa”.

As ferramentas para uma Gestão Financeira são inúmeras disponíveis no mercado.

Mas não precisa necessariamente ser das mais complexas.

Entretanto, precisa sim ter a possibilidade de alimentarmos todas as informações de movimentação diária da empresa e ter a disponibilidade de cálculo de análises.

A ideia é chegar na análise inicial do seguinte cálculo.

– Você efetua uma venda
– O lançamento é feito no campo Receita (Planilha de Fluxo de Caixa)
Agora vamos para os custos….
– O cliente pagou no cartão. Vamos lanças as despesas do cartão (taxa de juros)
– Imposto pela emissão da nota fiscal
– Fornecedor, pois você comprou o produto para revender ou produziu (em caso de produção os custos são relacionados um a um)
– Possivelmente outros custos estão inseridos como frete de entrega e recebimento da mercadoria, comissão pela venda do produto.

Dentro da análise de Fluxo de Caixa estes são os custos variáveis.

São os custos ligados diretamente ao produto.

Neste momento apresentando as Receitas e deduzindo todos os custos variáveis temos nosso primeiro cálculo.

Agora temos a Margem de Contribuição mais conhecido como Lucro Bruto.

Os custos variáveis dependem de vendas. Se a venda acontece os custos ocorrem.

Agora a empresa possui outras vendas que tem que ser deduzidas.

Mas que indiferente das vendas elas estarão presentes mensalmente.

Estamos falando das Despesas Fixas.

Salário dos Funcionários, Pró-Labore, Água, Luz, Aluguel, Condomínio, Contador entre várias outras….

Estes gastos não dependem de vendas para existir.

Neste momento já estamos começando a estruturar uma análise da sua empresa.

Já sabemos a receita (valor vendido)

Já sabemos os custos variáveis (quanto gastou com esta venda)

Fazendo este cálculo, já temos a Margem de Contribuição ou o Lucro Bruto da Empresa

E já sabemos as Despesas Fixas da empresa.

Agora é hora de deduzir o resultado da Margem de Contribuição das Despesas Fixas.

Neste cálculo chegamos no Lucro Operacional Antes dos Investimentos. E o BAB do seu negócio.

Se neste momento por algum motivo você não consegue pagar todas as suas despesas, aí alguma coisa não está certa.

Por outro lado se sobrou após acertar todas as despesas, este saldo positivo pode ser destinado a investimentos com o intuito de fazer a empresa crescer.

Investimentos em Marketing, Treinamentos, Consultoria juto a Partner Consultoria Empresarial, Estrutura Física, Mobiliária ou de Frota, Máquinas entre outros possíveis e necessários para que possam fazer a empresa crescer.

A última etapa para sabermos se a empresa é lucrativa é o cálculo do Lucro Operacional Antes do Investimentos deduzindo os investimentos.

Aí chegamos no LUCRO OPERACIONAL.

Se neste momento da análise sua empresa chegou com saldo positivo…

Parabéns, sua operação é lucrativa!

Agora se não fechamos a análise com saldo positivo e hora de entrar em contato coma Partner Consultoria Empresarial para iniciarmos uma Análise Empresarial, verificarmos as necessidades de melhoria da empresa e colocarmos em prática nosso processo de Transformação.

Lembrando que mesmo que a empresa seja lucrativa uma análise de fora pode mostrar possibilidades de crescimento ainda maior.

A título de conhecimento esclarecemos que Lucro Operacional é o que indica se a operação da sua empresa dá lucro ou não.

É o resultado de tudo que entrou, de toda a sua receita, de toda a venda efetuada na empresa deduzindo todos os custos variáveis, as despesas fixas e os investimentos para crescimento.

Ainda não terminamos as análises.

Depois de tudo o que foi lançado, informado e calculado temos ainda dois outros possíveis lançamentos que são de suma importância para sabermos se a empresa aí sim terá um Lucro Líquido.

Estes lançamentos são chamados de Entradas e Saídas NÃO OPERACIONAIS.

Entradas Não Operacionais são aportes monetários na empresa oriundos de situações que não envolvem a operação da empresa, como empréstimos bancários, aportes dos sócios ou até a venda de um maquinário da empresa.

Já as saídas Não Operacionais são as saídas pelos mesmos motivos das entradas como o pagamento de dívidas, parcelamento bancário, Divisão de Lucro entre os Sócios…

Após estes lançamentos de crédito e débito não operacionais teremos a análise final chamado LUCRO LÍQUIDO.

A Gestão Financeira da empresa proporciona todas estas informações a empresa e aos empresários.

As possibilidades de análises da lucratividade são inúmeras e são através destas análises que as tomadas de decisões são feitas com certeza pautadas em números reais.

São inúmeras as situações vivenciadas onde a Margem de Contribuição da empresa era excelente, mas o lucro operacional era negativo.

Em certas vezes devido a ata de Despesa Fixa e em certos momentos devido a empresa ter um Lucro Operacional Antes do Investimento satisfatório e o empresário acabar passando do limite necessário para investir na empresa e não deixar uma sobra de caixa para eventuais necessidades.

Cada análise, cada cálculo, cada lançamento é uma etapa a ser analisada voltada a verificar os pontos de melhoria, seja para passar a ter uma empresa lucrativa ou para melhorar os resultados já positivos.

O que apresentamos aqui é uma síntese de tudo o que acontece na Gestão Financeira.

Ou seja, um cálculo básico para chegar na informação se sua empresa tem lucro.

A Gestão Financeira Completa é muito mais que estas informações.

Mas, para chegar nestas informações existe um caminho a percorrer onde teremos a maior satisfação em apresentar acompanhar e orientar você e sua empresa.

Pois nós da Partner Consultoria Empresarial temos a missão de Transformar a Gestão Financeira das Empresas.

Através de ferramentas e metodologias já testadas, sabemos que podemos chegar nos resultados que a sua empresa quer obter.

E para iniciarmos essa Transformação deixamos para vocês gratuitamente nossa Análise Empresarial.

Por fim, saiba que qualquer dúvida você pode entrar em contato via Linkedin comigo.